PARTO NORMAL COM ANESTESIA 100% EFICAZ E OS GRANDES RISCOS DA CESÁREA AGENDADA - POR QUE ESCONDEM ESSAS DUAS VERDADES DE VOCÊ?

Muitas informações comparando cesárea a parto normal vem inundando a internet e o assunto ganhou ainda mais destaque com as últimas decisões do governo sobre o assunto! Já foi bastante comentado que a cesárea é a principal causa de síndrome do pulmão úmido do recém-nascido, a doença respiratória mais comum do período neonatal. Também é bastante debatido que a cesárea aumenta em dez vezes o risco de morte da mãe e onze vezes o risco de morte do bebê, além de estar associada a maior dificuldade de amamentação! - Todas essas afirmações são baseadas em publicações internacionais mundialmente reconhecidas, mas não são delas que quero tratar neste artigo! 

Na verdade, atualmente, são oferecidos dois tipos de partos para as mães: Um 100% natural, que pode ser um momento único e prazeroso para perfis muito específicos de mães, mas pode ser um tipo de provação e sofrimento totalmente desnecessário, para outros perfis!

Nada contra este tipo de parto, sou totalmente a favor, porém são poucas as mulheres atualmente preparadas para ele, e esse número vem diminuindo cada vez mais!

A outra opção é a de uma cesárea agendada com superprodução, filmagem e até equipe cenográfica na data e hora marcadas, com direito a até a dia de beleza na véspera do parto!

Mas porque um parto sem dor e produzido tem necessariamente que ser cesárea agendada, um tipo de parto tão prejudicial ao bebê?

Os médicos não fazem questão nenhuma de lembrar que existem outras duas opções, mais benéficas para a mãe e muito mais benéficas para o bebê, pois são opções que demandam um grande envolvimento e dedicação por parte do obstetra, que ele nunca está disposto a oferecer!

Uma opção ideal, seria a do parto normal com anestesia! Hoje em dia, utilizando anestesias combinadas de peridural e raquidiana, com medicações altamente específicas, é possível obter um bloqueio quase total da dor, sem agir sobre a contratilidade uterina, o que leva a um parto mais rápido, indolor e com ótimos resultados para o bebê!

Mas se existe um parto tão perfeito assim, porque não é divulgado? 

A resposta é simples: porque é caro! Exige dedicação exclusiva do obstetra por horas ou às vezes até um dia e noite inteiros, pense o quanto isso não custa?

Exige também um excelente anestesista, de preferência especializado nesse tipo de parto e que possa também dedicar horas para acompanhar a gestante!

Na nossa medicina de convênios, onde profissionais recebem valores ridículos de remuneração, esse tipo de parto é totalmente impraticável!

Por ser impraticável, gera um ciclo vicioso onde ninguém sabe fazer bem, porque ninguém faz....

Um meio termo, apesar de longe do ideal, mas que seria muito mais fácil e passível de ser praticado, seria a de fazer a cesárea no início dos primeiros sinais de trabalho de parto (trabalho de parto verdadeiro e já instalado)!

Seria mais barato e simples que o normal com anestesia, não exigiria tanto dos obstetras e anestesistas, também não causaria a temida dor do parto normal natural! Esse tipo de parto serviria apenas como uma transição até que nossa medicina criasse uma estrutura mínima que pudesse atender as necessidades reais das gestantes.

As mesmas publicações científicas que apontam os grandes riscos da cesárea agendada, mostram que na cesárea durante o trabalho de parto, os riscos pra a mãe permanecem os mesmos, mas os riscos para o bebê diminuem bastante, chegando quase a se igualar aos valores do parto normal! 

Em outras palavras: Se tem que ser cesárea, que seja uma cesárea que não vá trazer prejuízos à saúde de seu bebê, ou seja, uma cesárea na data em que o bebê estiver realmente pronto, no início do trabalho de parto!

Pois é gestantes, tem muito mais coisas que escondem  de vocês, do que vocês imaginam! 

Eu particularmente sou um defensor do parto natural, e acho que existem opções para driblar a dor de parto muito mais eficazes do que já se foi tentado até agora, mas não há interesse em se investir nelas! 

Porém, acho que as mães têm o direito de saber que existem outras opções de parto além daquelas colocadas pelo governo e pelos obstetras, que podem ser muito melhores que as opções oferecidas atualmente, basta um pouco de boa vontade por parte de ambos!

Obrigado! 

Comentários

  1. Só lembrando que a analgesia aumenta as chances de parto instrumental. Mas sim, as mulheres deveriam poder contar com esse recurso. Já vi exaustão materna terminar em cesárea e sei que uma anestesia combinada teria salvado a situação.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS VISITADAS